[vc_row el_id=”first” css=”.vc_custom_1457096072773{border-bottom-width: 1px !important;border-bottom-color: #f1f1f1 !important;border-bottom-style: solid !important;}”][vc_column css=”.vc_custom_1494811644324{margin-bottom: 0px !important;border-bottom-width: 0px !important;padding-bottom: 10px !important;}”][vc_column_text]Hoje, o mercado Halal é considerado um mercado em constante crescimento e com grande potencial. Os muçulmanos, que de acordo com as leis islâmicas só podem consumir alimentos, produtos e serviços Halal formam um dos maiores mercados de alimentos, bens de consumo e serviços do mundo inteiro.

O segmento Halal não se limita aos produtos alimentícios e de proteína animal, pois inclui diversos domínios, tais como produtos farmacêuticos, sanitários, cosméticos e de moda, ou mesmo serviços de turismo, finanças e mídia. O que faz com que o número de consumidores de produtos e serviços Halal não se restrinja aos muçulmanos, pois atualmente o selo de garantia “Halal” é um símbolo de qualidade superior, observância precisa, saúde e preservação dos recursos naturais.

A Alimentos Halal Brasil contribui de forma ativa e intensa para o crescimento deste mercado colocando em prática os padrões estabelecidos entre as organizações e instituições Halal mundiais.

Em números:

1/4 da população mundial é muçulmana

Mais de 1 bilhão e 800 milhões de pessoas

60 países muçulmanos no mundo

Ásia: 1,2 bilhões de muçulmanos

África: 600 milhões de muçulmanos

Europa: 35 milhões de muçulmanos

Américas: 10 milhões de muçulmanos

[/vc_column_text][vc_separator][vc_column_text]

Mercado Halal Internacional

Em sua totalidade representa US$ 2,2 trilhões de movimentação financeira

O mercado de alimentos halal representa US$ 20 bilhões em movimentações financeiras

Cresce entre 15% a 20% ao ano

[/vc_column_text][vc_separator][vc_column_text]

Mercado Halal no Brasil

Mais de 450 indústrias habilitadas

Em 2013 mais de 2 milhões de toneladas de frango foram produzidas

Há mais de 1,5 milhões de muçulmanos no Brasil

As relações econômicas entre o Brasil e países islâmicos cresce em média 7% ao ano

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]